A troca de informações pelo Twitter sobre os pontos de São Paulo que recebem blitze da lei seca fez a Polícia Militar (PM) mudar de estratégia. As fiscalizações, que ficavam uma hora e meia paradas realizando testes do bafômetro, passam agora, no máximo, uma hora na mesma rua ou avenida.

Só com a redução do tempo das inspeções foi possível driblar a velocidade da informação e surpreender pessoas alcoolizadas. "Não podemos nunca perder o fator surpresa nas operações", explica o capitão Paulo Sérgio de Oliveira, do Comando de Policiamento da Capital (CPC).

Intitulada "Twitter da lei seca SP", a comunidade recebeu apenas no último fim de semana mais de 60 mensagens. Entre elas, o endereço de 18 operações da PM. Sem querer se identificar, um dos responsáveis pela atualização do site diz que, sempre ao constatar a presença de "bols" - nome que dão às blitze da lei seca -, disponibiliza rapidamente a informação na comunidade. O envio é feito da rua mesmo, por meio de celulares com acesso à internet. As informações são do Jornal da Tarde.


NOTA : Os animais,cavalos analfabetos de raciocínio lógico só vão perceber sua burrice quando começar a colocar no Twitter,que alguém da sua família morreu quando estava na calçada e um filho da puta que ele ajudava a fugir da blitz à matou com a ajuda dele mesmo ...em fim ...vivemos em uma era que a imbecilidade esta se destacando mais que a lógica racional,e a mais simples inteligencia ,não coloco ai nem sabedoria por que seria pedir demais ....aos que acham que esta sendo esperto fazendo isto,cada um que morre nas mãos de um babaca bêbado você é um dos assassinos por que colaborou para isto,da mesma forma que deputados burros criam leis burras e pessoas morrem e a injustiça reina todos são assassinos declarados ! além de assassino é babaca e burro !


Bando de jegues bonitinhos em suas roupas corruptas e seus carros de luxo !


Povo de 5º mundo !

Falsos que só se amam em copa do mundo mais se matam uns aos outros rindo como amigos da onça no resto do ano !