Share |
Share |

Aqui no Rio é uma piada mesmo ..só os governantes assinadores de papeis estão com seguranças em volta pagos com nosso suado dinheiro !


.
Comprovante de eleição os que eu tinha quando votava rasguei todos !!!
.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009


Carioca que é carioca tem que ser assaltado senão não é um carioca da gema !

O GOVERNANTESZINHOS DE MERDA OS NOSSOS!


O motorista Edson Jose Pereira, de 41 anos, foi perseguido e morto a tiros ontem à noite na pista sentido São Paulo-Rio de Janeiro da Rodovia Presidente Dutra. O crime ocorreu na altura do quilômetro 212, no bairro Parque Cidade Alvorada, o mesmo onde ele morava, em Guarulhos, região leste da Grande São Paulo. O atirador segue foragido. Nada teria sido levado do motorista.
PUBLICIDADE

Segundo testemunhas, o autor dos disparos pilotava uma moto e, após alcançar o carro de Pereira, disparou pelo menos quatro vezes, atingindo-o no pescoço e na cabeça. Ferida, a vítima perdeu o controle do carro e bateu contra um barranco. Uma equipe de resgate foi acionada e, ao chegar no local, constatou a morte do motorista, cujo corpo foi retirado do carro minutos antes do veículo se incendiar.

Uma moto teria sido abandonada e foi encontrada pela polícia 3,5 quilômetros distante do local do crime. O dono da moto, que não tem queixa de roubo, não havia sido localizado até o fim desta madrugada. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) da cidade de Guarulhos. O caso foi registrado no 4º Distrito Policial (DP), do bairro dos Pimentas.



Pois é ...Mas pra camelô tem polícia a vontade !!!


PMs também vão atuar no combate a camelôs

Elvis Pereira, elvis.pereira@grupoestado.com.br

A partir de hoje policiais militares reforçarão o combate aos camelôs irregulares em São Paulo. Em dias de folga, PMs atuarão em conjunto com guardas civis metropolitanos no entorno da Rua 25 de Março, no Brás e em pontos da zona sul. A parceria está prevista num convênio firmado entre a Prefeitura e a Secretaria de Estado de Segurança Pública.

continue lendo o restante da burrice clicando aqui...


Ai quando digo que só tem jegue,ladrão e filhos da puta governando nosso país ..fazendo plebiscitos para tudo quando é idiotice ..e não fazem plebiscito para saber se o povo ainda quer ser obrigado a votar em ladrões..ninguém fala nada.corja de putos safados.


NOTA:Agora imagina você a burrice...Uma pessoa é perseguida em São paulo ..uma cidade enorme,provávelmente foi uma perceguição longa e não apareceu uma viatura para pelomenos ver o cara morrer, ai te pergunto. Por que ??? bem claro...nossos sábios governantes sentados com a bunda em uma cadeira muito da macia ...e cercados de seguranças ..(afinal são os reis da cocada cor de rosa)não podem raciocinar tudo ao mesmo tempo ..e quem somos nós de forçar tal cérebro ocupado... Ai o infeliz manda a polícia ir tomar conta de camelo ...dorme com essa...bem feito cidadão filho da puta ..vai lá votar ..e depois quando você estiver desempregado ..e compra sua paçoca e pipoca pra vender ..e forem te tomar por que é "contrabando"fala pro filho da puta que você votou nele pocha !!!e depois vai ver a Fazenda,Big Bosta Brother e suas novelas preferidas !!!ré ré ré !!!

Quer saber ? ...camelô pode ser estorquido ...tem dinheiro ..um cidadão sendo preseguido até a morte não dá lucro algum !

Leia mais burrices clicando aqui...

SÃO PAULO – Depois da descoberta de um esquema de extorsão a camelôs na Subprefeitura da Mooca, o Ministério Público Estadual vai investigar a atuação de fiscais em outras quatro subprefeituras da capital. O promotor José Carlos Blat recebeu denúncias de práticas semelhantes de agentes nas regiões da Lapa, de Pinheiros, da Sé e da Vila Prudente. Há também suspeitas de venda de alvarás para prostíbulos.

- São denúncias preliminares que ainda precisam ser checadas – afirmou Blat. O promotor conta ter recebido uma enxurrada de ligações com denúncias de funcionamento de esquemas semelhantes depois das prisões da última sexta-feira. A Secretaria de Coordenação das Subprefeituras informou que defende a apuração de todas as denúncias e que eventuais irregularidades devem ser punidas. Na última sexta-feira, 11 pessoas foram presas temporariamente sob suspeita de envolvimento em uma nova máfia de fiscais. Entre os presos, estão cinco funcionários (dois com cargo de confiança) da Subprefeitura da Mooca, um advogado e cinco camelôs. Outros dois ambulantes estão foragidos. Georges Marcelo Eivazian, assessor da Subprefeitura da Mooca, e seu irmão, Felipe Eivazian, chefe da fiscalização, foram demitidos por causa das suspeitas de extorsão. Marcelo seria o líder da quadrilha que arrecadava propinas na Mooca. Os outros funcionários envolvidos são concursados e só poderão perder os cargos depois de passarem por um processo interno. A suspeita é que a quadrilha instalada na subprefeitura movimentava até R$ 1 milhão por mês. O grupo exigia dinheiro para permitir que camelôs sem documentações e vendedores de comidas em traillers trabalhassem de forma irregular. O inquérito sobre o caso deve ser concluído nesta terça pela Polícia Civil. O delegado Luiz Storni pedirá a prisão preventiva de pelo menos oito dos envolvidos. Cerca de 150 camelôs realizaram, nesta segunda-feira, uma passeata pelas ruas do Brás, na região central. Os ambulantes foram impedidos de montar barracas no Largo da Concórdia. Durante o protesto, os camelôs provocaram GCMs e fiscais mostrando dinheiro, mas não houve confronto. Os ambulantes pediram o afastamento do Subprefeito da Mooca, Eduardo Odloak, que alegou desconhecer o esquema de pagamento de propinas. À tarde, os camelôs foram recebidos na Câmara Municipal por uma comissão de vereadores e deram entrada num pedido de CPI para investigar a máfia de fiscais em todas as subprefeituras da cidade.



Desculpe é muita burrice não cabe tudo aqui no blog...alias não cabe na internet !!! ré ré ré !!!

 
Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu
Templates Novo Blogger
Share |
Share |