Share |
Share |

Estes são nossos verdadeiros governantes,uma putaria só e este video é antigo e atual !!!


.

Vou aguardar as legendas automáticas do YouTube para que os gringos entendam também a realidade que representa este video antigo nos dias atuais do nosso sofrido Brasil e a corja que ainda insiste em estar décadas roendo o nosso osso!

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Será que eles vão ser assaltados também ???

Piloto da série americana “Rio” está sendo gravado

29/12/09 por Carla Gomes

Eventualmente, o Rio de Janeiro é citado ou aparece em famosas séries de TV. Mas agora o visual da cidade pode se tornar cenário fixo de um seriado americano. O piloto de “Rio” já está sendo produzido e aposta no que tem sido definido como uma mistura entre “Magnum e Miami Vice”.

Protagonizada por Jason Lewis, que participou de Sex and the City, o enredo de “Rio” gira em torno de um detetive internacional que vem para o Rio de Janeiro investigar um crime e acaba se apaixonando pela cidade. Ele já está gravando cenas em Ipanema.

A série foi criada por Scott Steindorff, mesmo produtor de Las Vegas e Empire Falls. E deve contar ainda com a participação da atriz brasileira Cinthia Moura que atuou no filme “Lenda Assassina”. O piloto ainda não tem previsão de data ou emissora para exibição.



Fonte:NA TV



Nota: Levando em conta ..que muitos turistas não escapam da incompetência na segurança,como todo verão teremos proteção na zona sul ..e que se foda o resto da cidade ...é sempre assim,se policial e delegado estão sendo assaltados coitado de nós meros mortais ...espero que os produtores não sejam assaltados também um país em que a polícia tem que esconder a farda e identidade quando vai para casa dá pra perceber que estamos bem ...fudidos em termos de segurança e esse é o país do futuro,puta que pariu !!!


Vamos ver mais um filme de contos de fada do Rio de Jeneiro feito por gringos !!!

E se fosse a filha,mãe ou tataravó das vossas excelências juízes e advogados ?


O médico Roger Abdelmassih deixou no início da tarde de hoje o 40º Distrito Policial (DP), na Vila Santa Maria, zona norte de São Paulo. Ele estava preso desde o último dia 17 de agosto sob a acusação de ter praticado 56 crimes sexuais contra ex-pacientes. A libertação do médico foi determinada ontem pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes.

Mendes concluiu que não havia mais motivos para manter o médico preso porque o pedido de prisão foi feito da seguinte forma: ou prendê-lo ou proibi-lo de exercer a medicina. Como o registro dele no Conselho Regional de Medicina (CRM) foi suspenso, não há motivos, segundo presidente do STF, para mantê-lo preso porque ele não tem mais como exercer a medicina.

O advogado do médico, o ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, sustentou exatamente isso. Disse que o argumento para a decretação da prisão de Abdelmassih não existe mais. Ele também alegou que o médico é primário, tem bons antecedentes, residência fixa e é um profissional renomado e de reputação ilibada.

Fonte : Yahoo notícias




Se fosse familiares das vossas excelências intocáveis ..quase Deuses ...ai a estória seria outra ...é a tal de panelinha ...tapinha nas costas...telefonemas pessoais ...daqui e de lá ..ai ..pronto ..as passadas de pirus na família dos outros foi esquecido ..mas ai dele se fizer isso na amada mãe de um ju´z ou advogado ..junta a panela pra ele morrer na prisão ...


O paizinho de merda o nosso !!!!



Ele é renomado ..as mulheres que tomaram as piruzadas não são né ??? ...Pois é ..ainda vou ver muito filho da pputa se fuder na mão da justiça de Deus !!!...por que essa do Brasil nós estamos literalmente ...sendo ..estrupados !!!

Um país onde quem faz as leis .. já faz pensando em ter imunidade pra fazer merda ..inclusive leis...nós tamo fudido mesmo ...ai pergunto...fazer uma constituição e colocar como democracia ..e obrigar vc a votar ..é uma pérola de Jegue misturado com cavalo ou não é ??? pois é ..são nossos sábios criadores de leis ...onde botam a mão sai essas coisas ..imagina as leis criminais ..tá uma uva !!!


E os do tal garoto que vai para os Estados Unidos ..deixar ele ir ficar nessa praga de país com essas pragas no poder ..é querer ver o mal do garoto ..vai ...vai sim garoto ! ..vai por que geral queria estar no seu lugar ..são um bando de demogogos !


Geral quer vazar daqui se tiver oportunidade !!!! ré ré ré !!!

Patriota só se fode aqui !!!


Basta olhar Atletas e cientistas brasileiros que meteram o pé...que se foram !!!

Politicos e excelencias ..não querem sair por nada ..vão largar o osso ??? são bobos não !!!





quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

BANDO DE BURROS VÃO ADMINISTRAR O TRENZINHO DA LAPA !!!

Agetransp dá 48 horas para Metrô explicar problemas ocorridos nesta terça-feira

O Globo

Passageira Maria de Fátima de Oliveira Lopes passa mal ao desembarcar na Estação da Glória / Foto: Cléber Júnior

RIO - A Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro (Agetransp) encaminhou à concessionária Metrô Rio oficio solicitando informações, em no máximo 48 horas, sobre os problemas ocorridos, na manhã desta terça-feira, em todo o sistema metroviário.

(Veja fotos da confusão)

No documento, a Agetransp pede ênfase nos atrasos na liberação de trens para a operação comercial. A Agetransp pede, ainda, informações sobre as providencias adotadas para a normalização da oferta de transporte em todo sistema.

(Assista ao depoimento dos pasageiros que passaram sufoco)

O dia seguinte às inaugurações da conexão direta Pavuna-Botafogo e da Estação General Osório, em Ipanema está sendo de transtornos para os usuários do metrô.

Pela manhã, as duas linhas operam com atrasos, houve superlotação nas estações, passageiros reclamaram de falta de informações e nove pessoas passaram mal e precisaram ser atendidas. À tarde, após as 16h, o Metrô fez a conexão direta entre Pavuna e Botafogo no horário previsto, mas o intervalo entre os trens ficou em dez minutos. As composições estão lotadas.

(Entenda melhor as mudanças no metrô)

Segundo a assessoria de imprensa da concessionária Metrô Rio, os atrasos da manhã foram causados porque os trens circularam em velocidade menor do que a usual e no início da operação algumas composições ainda estavam no Centro de Manutenção fazendo a rotina diária de inspeção. Em nota, o Metrô disse que as composições foram sendo liberadas na medida em que estavam em condições de transportar passageiros com segurança.

Os atrasos, entre 5h e 8h, chegaram a dez minutos na Linha 2 e 15 minutos na Linha 1. A partir das 8h, os intervalos entre trens ficaram irregulares, variando de 8 até 12 minutos nas duas linhas. Diversas estações ficaram superlotadas, o que fez com que a entrada de passageiros a algumas plataformas fosse limitada. A concessionária controlou o acesso às estações diminuindo o número de bilheterias, entradas e catracas de acesso.

(Veja mais fotos da viagem inaugural)

O diretor de operações do Metrô afirmou que foram realizados testes antes da implementação da nova linha, mas ressaltou que a operação com passageiros acaba sendo diferente da operação com trens vazios. Ele afirmou ainda que os próprios condutores do metrô estão sentindo dificuldades de entender as mudanças. De acordo com a assessoria do Metrô, gradativamente mais trens estão entrando em operação.

No meio da manhã, o secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes, foi vaiado na Estação da Glória. Ele estava na plataforma dando uma entrevista quando a população que fazia a baldeação ficou revoltada com os atrasos e com a falta de informações no trajeto Pavuna-Botafogo.


Fonte :Jornal Extra - Rio



Nota ...Aqui ...ao contrário de preparar as conduções primeiro ..e depois inaugurar ..não ...os sábios administradores de colarinho braco ...o diploma na parede .....liberam a porra toda sem prever o máximo ...fala sério ..ESSA PORRA É UMA METRÓPOLIS CARAI !!!


Bando de burros !!!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Desde que era menino esse Senhor rói o osso do Brasil ! larga diacho !!!

..

Agência Estado

Fundação Sarney aluga convento para festa sexy

Qua, 16 Dez, 02h10

Em vias de fechar as portas, alegando falta de dinheiro, a Fundação José Sarney inovou na captação de recursos. No último dia 7, a entidade alugou sua sede, o imponente Convento das Mercês, no Centro Histórico de São Luís, para evento nada ortodoxo: uma festa sexy. O pátio e os largos corredores do convento - inaugurado no século 17 por padre Antonio Vieira - serviram de palco para um evento ao som das garotas do Female Angels, cuja especialidade, além do estilo musical, Sexy House, é a sensualidade das integrantes.


erte suas fantasias", dizia o convite, que destacava a proibição para menores de 18 anos. A festa reuniu 1.500 pessoas nas contas do organizador, o empresário Alexandre Maluf. Tudo dentro da mais absoluta responsabilidade, disse. "Houve até distribuição de camisinhas." Maluf não quis contar quanto pagou pelo aluguel do local. "Isso eu não vou dizer, mas garanto que foi tudo legal. O contrato estava fechado há bastante tempo." Os ingressos custavam de R$ 60 a R$ 150.

O convento, construído em 1654, foi doado em 1990 à fundação pelo então governador João Alberto, aliado dos Sarney. Ali funciona um museu destinado à exaltação da carreira do atual presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). As despesas são bancadas por amigos e dinheiro público. Um dos patrocínios partiu da Petrobras - o jornal O Estado de S. Paulo revelou que, de R$ 1,3 milhão, R$ 500 mil foram para empresas fantasmas ou da família Sarney.

A Justiça Federal determinou que a fundação devolva o convento, tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional, mas a decisão ainda não foi cumprida. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Fonte:Yahoo notícias

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

VEJA AQUI A LIXEIRA ...E NOSSOS EXCELENTÍSSIMOS LIXOS ! Salvo raras exceções lá !

Vergonhas políticas

Com o período das eleições presidenciais se aproximando, parlamentares estão se matando nas plenárias. A faxina tão prometida pelas CPIs acaba arquivando processos, bravatas continuam e parece que entra governo, sai governo, o discurso muda, mas não emplaca. A história repete o pastelão: corrupção, impunidade, falcatruas e gastança com o dinheiro público - mais uma triste trajetória que não conseguimos nos livrar.


A discussão de Collor.

Brasília, agosto de 2009

A crise no Senado se agrava e deflagra a polaridade entre aliados e não aliados ao presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), denunciado por uma série de irregularidades. O estopim gerou bate-bocas fervorosos; num deles, Fernando Collor de Mello (PTB-AL) mandou Pedro Simon (PMDB-RS) engolir suas palavras e que as "digerisse" como quisesse, depois que o peemedebista defendeu a saída de Sarney do comando da Casa.


Atos secretos

De 1995 a 2009, 623 atos administrativos secretos não divulgavam ao público eleitor informações sobre a contratação de novos servidores, aumentos salariais e verbas indenizatórias relacionadas ao Senado. Quando vieram à tona, a credibilidade da Casa foi manchada. Parentes e apadrinhados de José Sarney, empregados por lobby, também foram contratados por meio de atos secretos.


Yeda Crusius

A governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), escapa de impeachment com a absolvição dada pela Assembleia Legislativa. Mesmo se desculpando, o arquivamento da acusação por crime de responsabilidade no esquema que desviou R$ 40 milhões do Detran-RS não tira Yeda Crusius da mira da CPI da Corrupção. Segundo o líder da bancada do PT, deputado Elvino Bohn Gass, as fraudes em licitações estaduais ainda devem passar pelo crivo da Operação Solidária, da Polícia Federal.

Sérgio Moraes

Brasília, Maio de 2009

Após dizer que "se lixava" para a opinião pública", o deputado Sérgio Moraes (PTB-RS) comemorou a absolvição do colega Edmar Moreira (ex-DEM-MG), acusado de uso irregular de verba indenizatória. Relator do processo de cassação do deputado dono de um castelo de R$ 25 milhões, ele foi deposto ao manifestar intenções a favor do acusado.

Cota de passagens aéreas

Brasília, abril de 2009

No episódio que ficou conhecido como "a farra das passagens aéreas", senadores, deputados e assessores estenderam seus privilégios a familiares e terceiros. A devolução do dinheiro deve ocorrer de forma gradual, conforme as investigações avancem. Para tornar o processo mais transparente, o Governo promete divulgar quem está utilizando passagens e com qual finalidade. Fechando o cerco aos deputados federais, a Câmara aprovou a redução da cota em 20%. Na imagem, o deputado Federal Fábio Faria (PMN-RN), que pagou viagens para sua ex-namorada Adriane Galisteu.

Edmar Moreira

O mesmo Conselho de Ética que responsabilizava Edmar Moreira (ex-DEM-MG) por fazer mau uso de verba indenizatória o isentou da acusação de passar notas frias de empresas de segurança. O CES estava atrás do deputado que não declarou o castelo de R$ 25 milhões, em nome de seus filhos. Recebeu pena alternativa a pedidos do deputado Hugo Leal (PSC-RJ) e continua na Casa usufruindo os benefícios previstos para seu cargo, a contragosto do relator vigente que pediu a sua cassação, Nazareno Fonteles (PT-PI).

Renan Calheiros e Tasso Jereissati

Brasília, Agosto de 2009

Na troca de farpas entre os parlamentares, a quebra de decoro é geral no Senado. O líder do PMDB, Renan Calheiros (AL), e o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) bateram boca após o peemedebista pedir uma investigação contra Artur Virgílio, líder do PSDB, por contratar um professor de ginástica e pagar o tratamento de saúde da mãe com o dinheiro do Senado.

Vereadores cassados

São Paulo, Outubro de 2009

Financiamento de campanha sempre envolve alguma polêmica pela origem e quantia das verbas destinadas. A da vez envolveu um suplente e 13 vereadores da Câmara dos Deputados já afastados de seus cargos e considerados inelegíveis por três anos. Motivo? Doações como as da Associação Imobiliária Brasileira (AIB) chegaram a R$ 4,43 milhões em 2008, beneficiando a 44 políticos, a maior parte candidato nas capitais. O Ministério Público Estadual (MPE) deu nome aos bois e ligou a AIB como braço do Sindicato das Imobiliárias e Administradoras (Secovi), infringindo a Lei Eleitoral (9504/97) que limita a doação das entidades a 2% de sua receita no ano anterior, ou R$ 325 milhões, teto que o MPE não confirmou.

Mensalão do DEM

O governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (DEM), é o centro das investigações da operação Caixa de Pandora, deflagrada pela Polícia Federal, que investiga um suposto esquema de pagamento de propina para parlamentares da base aliada do governo na Câmara Legislativa do DF.

Imagens foram gravadas por Durval Barbosa - ex-secretário de Relações Institucionais de Arruda e colaborador da PF em regime de delação premiada; ele próprio é alvo de vários outros inquéritos - expõem bastidores do chamado mensalão do DEM e a divisão do dinheiro que, de acordo com a investigação, era proveniente de propina paga por empreiteiras e prestadoras de serviço.

Grosserias de Puccinneli

Setembro de 2009

O sensacionalismo e o bate-boca saem da alta cúpula do Planalto e avançam às planícies pantaneiras. O governador peemedebista de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, xingou o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, de "veado"e "maconheiro". O ministro responde à truculência chamando o colega de "estuprador do pantanal".


Agora dêm-me licença que vou ao banheiro vomitar !!!!

Fonte: Yahoo notícias ...clic aqui para ler mais .

Ps.: Quer ler em um site ..sério e sem partidarismo ? ..leia o Yahoo notícias ..é o melhor ..e faça um E-mail ..é um dos E-mails mais seguros e premiados quanto a segurança !


Aqui no Rio é uma piada mesmo ..só os governantes assinadores de papeis estão com seguranças em volta pagos com nosso suado dinheiro !


.
Comprovante de eleição os que eu tinha quando votava rasguei todos !!!
.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009


Carioca que é carioca tem que ser assaltado senão não é um carioca da gema !

O GOVERNANTESZINHOS DE MERDA OS NOSSOS!


O motorista Edson Jose Pereira, de 41 anos, foi perseguido e morto a tiros ontem à noite na pista sentido São Paulo-Rio de Janeiro da Rodovia Presidente Dutra. O crime ocorreu na altura do quilômetro 212, no bairro Parque Cidade Alvorada, o mesmo onde ele morava, em Guarulhos, região leste da Grande São Paulo. O atirador segue foragido. Nada teria sido levado do motorista.
PUBLICIDADE

Segundo testemunhas, o autor dos disparos pilotava uma moto e, após alcançar o carro de Pereira, disparou pelo menos quatro vezes, atingindo-o no pescoço e na cabeça. Ferida, a vítima perdeu o controle do carro e bateu contra um barranco. Uma equipe de resgate foi acionada e, ao chegar no local, constatou a morte do motorista, cujo corpo foi retirado do carro minutos antes do veículo se incendiar.

Uma moto teria sido abandonada e foi encontrada pela polícia 3,5 quilômetros distante do local do crime. O dono da moto, que não tem queixa de roubo, não havia sido localizado até o fim desta madrugada. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) da cidade de Guarulhos. O caso foi registrado no 4º Distrito Policial (DP), do bairro dos Pimentas.



Pois é ...Mas pra camelô tem polícia a vontade !!!


PMs também vão atuar no combate a camelôs

Elvis Pereira, elvis.pereira@grupoestado.com.br

A partir de hoje policiais militares reforçarão o combate aos camelôs irregulares em São Paulo. Em dias de folga, PMs atuarão em conjunto com guardas civis metropolitanos no entorno da Rua 25 de Março, no Brás e em pontos da zona sul. A parceria está prevista num convênio firmado entre a Prefeitura e a Secretaria de Estado de Segurança Pública.

continue lendo o restante da burrice clicando aqui...


Ai quando digo que só tem jegue,ladrão e filhos da puta governando nosso país ..fazendo plebiscitos para tudo quando é idiotice ..e não fazem plebiscito para saber se o povo ainda quer ser obrigado a votar em ladrões..ninguém fala nada.corja de putos safados.


NOTA:Agora imagina você a burrice...Uma pessoa é perseguida em São paulo ..uma cidade enorme,provávelmente foi uma perceguição longa e não apareceu uma viatura para pelomenos ver o cara morrer, ai te pergunto. Por que ??? bem claro...nossos sábios governantes sentados com a bunda em uma cadeira muito da macia ...e cercados de seguranças ..(afinal são os reis da cocada cor de rosa)não podem raciocinar tudo ao mesmo tempo ..e quem somos nós de forçar tal cérebro ocupado... Ai o infeliz manda a polícia ir tomar conta de camelo ...dorme com essa...bem feito cidadão filho da puta ..vai lá votar ..e depois quando você estiver desempregado ..e compra sua paçoca e pipoca pra vender ..e forem te tomar por que é "contrabando"fala pro filho da puta que você votou nele pocha !!!e depois vai ver a Fazenda,Big Bosta Brother e suas novelas preferidas !!!ré ré ré !!!

Quer saber ? ...camelô pode ser estorquido ...tem dinheiro ..um cidadão sendo preseguido até a morte não dá lucro algum !

Leia mais burrices clicando aqui...

SÃO PAULO – Depois da descoberta de um esquema de extorsão a camelôs na Subprefeitura da Mooca, o Ministério Público Estadual vai investigar a atuação de fiscais em outras quatro subprefeituras da capital. O promotor José Carlos Blat recebeu denúncias de práticas semelhantes de agentes nas regiões da Lapa, de Pinheiros, da Sé e da Vila Prudente. Há também suspeitas de venda de alvarás para prostíbulos.

- São denúncias preliminares que ainda precisam ser checadas – afirmou Blat. O promotor conta ter recebido uma enxurrada de ligações com denúncias de funcionamento de esquemas semelhantes depois das prisões da última sexta-feira. A Secretaria de Coordenação das Subprefeituras informou que defende a apuração de todas as denúncias e que eventuais irregularidades devem ser punidas. Na última sexta-feira, 11 pessoas foram presas temporariamente sob suspeita de envolvimento em uma nova máfia de fiscais. Entre os presos, estão cinco funcionários (dois com cargo de confiança) da Subprefeitura da Mooca, um advogado e cinco camelôs. Outros dois ambulantes estão foragidos. Georges Marcelo Eivazian, assessor da Subprefeitura da Mooca, e seu irmão, Felipe Eivazian, chefe da fiscalização, foram demitidos por causa das suspeitas de extorsão. Marcelo seria o líder da quadrilha que arrecadava propinas na Mooca. Os outros funcionários envolvidos são concursados e só poderão perder os cargos depois de passarem por um processo interno. A suspeita é que a quadrilha instalada na subprefeitura movimentava até R$ 1 milhão por mês. O grupo exigia dinheiro para permitir que camelôs sem documentações e vendedores de comidas em traillers trabalhassem de forma irregular. O inquérito sobre o caso deve ser concluído nesta terça pela Polícia Civil. O delegado Luiz Storni pedirá a prisão preventiva de pelo menos oito dos envolvidos. Cerca de 150 camelôs realizaram, nesta segunda-feira, uma passeata pelas ruas do Brás, na região central. Os ambulantes foram impedidos de montar barracas no Largo da Concórdia. Durante o protesto, os camelôs provocaram GCMs e fiscais mostrando dinheiro, mas não houve confronto. Os ambulantes pediram o afastamento do Subprefeito da Mooca, Eduardo Odloak, que alegou desconhecer o esquema de pagamento de propinas. À tarde, os camelôs foram recebidos na Câmara Municipal por uma comissão de vereadores e deram entrada num pedido de CPI para investigar a máfia de fiscais em todas as subprefeituras da cidade.



Desculpe é muita burrice não cabe tudo aqui no blog...alias não cabe na internet !!! ré ré ré !!!

CAMBADA DE VEREADOR BURRO E COM PREGUIÇA DE ESTUDAR A ESTRUTURA DA CONSTITUIÇÃO !AQUI SE CRIA LEI PARA ROUBAR !


10/12/2009 - Cariocas vão pagar mais um imposto: a taxa de luz

Cariocas vão pagar mais um imposto: a taxa de luz
Tributo, que varia entre R$ 2 e R$ 90, foi aprovado ontem na Câmara Municipal por 34 a 12

Rio - Mais um imposto vai pesar no bolso do carioca a partir do ano que vem. A Câmara Municipal aprovou ontem, por 34 votos a 12, a criação da Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip), taxa mensal que vai variar entre R$ 2 e R$ 90, dependendo do consumo de energia da residência ou comércio. A proposta — que, em maio, era rejeitada por 31 parlamentares conforme levantamento feito por O DIA na época — foi aceita por mais de 60% da Casa. Ou seja, 17 políticos mudaram de ideia em menos de seis meses. Após manobra da base governista, o projeto de lei de autoria do vereador Luiz Carlos Ramos (sem partido) foi colocado em pauta e aprovado em duas discussões. O prefeito Eduardo Paes pretende sancionar a lei. Outros municípios já tentaram criar a taxa, que foi considerada inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal.






Clic na imagem para ver a cara do(a) sorridente que colocou na sua bunda !kkk

.
Cariocas vão pagar mais um imposto: a taxa de luz
Tributo, que varia entre R$ 2 e R$ 90, foi aprovado ontem na Câmara Municipal por 34 a 12

O novo imposto estará incluído na fatura mensal da Light. Quem consome até 80 kWh de energia estará isento. Acima de 10.000 kWh, o valor cobrado a mais chegará a R$ 90. O dinheiro vai para o Fundo Especial de Iluminação Pública, vinculado à Secretaria Municipal de Obras. Parlamentares contrários à proposta questionaram o destino do dinheiro arrecadado. “Recurso vinculado não é garantia de nada. Por acaso a CPMF era usada na saúde?”, criticou a vereadora Clarissa Garotinho (PMDB), uma das 12 parlamentares que votaram contra a proposta na segunda discussão — 34 disseram ‘sim’, 3 faltaram à sessão, e Patrícia Amorim (PMDB), recém-eleita presidente do Flamengo, assinou presença e foi embora sem participar. Eliomar Coelho (PSOL) votou contra na primeira discussão e deixou o plenário. “Esses recursos serão usados só na iluminação pública. As pessoas vão entender que é para o bem delas”, discursou o líder do governo, Adilson Pires (PT).

A votação mobilizou a Câmara dos Vereadores: 60% dos parlamentares votaram a favor do novo tributo, que será cobrado na conta de luz. Base governista atuou pela aprovação

A previsão de arrecadação com a nova taxa é de cerca de R$ 120 milhões por ano. “Vamos criar um imposto que vai render mais do que tem hoje a RioLuz. Não há necessidade”, disse Paulo Pinheiro (PPS), em referência à execução orçamentária da RioLuz. Em 2009, a autarquia teve previsão de R$ 53 milhões em caixa, ampliados para R$ 60 milhões durante o ano. Mas só R$ 40 milhões foram empenhados pela prefeitura e R$ 33,8 milhões efetivamente pagos. “Sou da base do governo, mas não digo amém para tudo que a prefeitura quer”, afirmou Reimont (PT), que foi contra.

Em nota, Paes alegou que a ideia de criar o imposto não foi dele: “O projeto foi iniciativa da administração passada e vem sendo discutido há muito tempo. A aprovação é importante para a cidade. O Rio é das poucas capitais do País em que a taxa não é cobrada. O projeto do meu antecessor tem o objetivo de reparar a distorção. Minha intenção é sancioná-lo”.

Paes se referia ao projeto que tramitava na Câmara — enviado pelo ex-prefeito Cesar Maia em 2003 — para criar a Cosip. O antigo texto estipulava que o tributo seria de R$ 3,50, cobrado no IPTU de cada imóvel. Ficariam isentos os que já não pagam o imposto predial. O orçamento de 2008 chegou a prever que a nova taxa arrecadaria R$ 3,5 milhões ao ano, mas a proposta nunca foi levada adiante pela gestão de Cesar. Este ano, Luiz Carlos Ramos apresentou o substitutivo ao projeto vinculando a tributação à conta de luz. O Fundo Especial da Iluminação Pública será criado pela prefeitura via decreto, o que causou revolta de vereadores da oposição.

Segundo o procurador jurídico federal Leandro Velloso, o projeto aprovado na Câmara é ilegal. Segundo ele, o IPTU pago pelos cariocas já inclui percentual destinado à iluminação pública. “Qualquer um poderá entrar na Justiça. O Ministério Público também poderia propor uma ação coletiva, assim como os condomínios”, afirmou.

Quórum multiplicado para aprovar tributo

O projeto que cria o ‘imposto da luz’ furou a fila de vetos e outras propostas que estavam na pauta da Câmara graças à habilidade da base governista. Às 14h30, a sessão ordinária foi derrubada por falta de quórum. Pouco depois, a quantidade de vereadores se multiplicou como em um ‘passe de mágica’, e uma sessão extraordinária foi convocada pela Mesa Diretora. Assim, o projeto de criação da taxa foi colocado em pauta.

Durante as discussões, o vereador da oposição Eider Dantas (DEM) tentou adiar a votação, sem sucesso. Após aprovação em primeira discussão, os vereadores votaram a não-publicação da sessão no Diário Oficial, o que permitiu realizar uma nova rodada extraordinária a partir das 19h15. “Foi um rolo compressor. A Câmara não está trabalhando para o cidadão, mas para a prefeitura”, disparou Paulo Messina (PV).

Fonte: O DIA Online



NOTA:Tinha que ser assim...criou lei burra ..os outros cavalos foram atrás e votaram a favor e contra a constituição e prejudicou a população com a burrice...tem que cada um tomar um processo no meio do rabo para deixar de ser preguiçoso e estudar o que faz.50 votaram na burrice ...mete processo nos 50 ...tem que juntar uma ação pública e todos os cariocas ou mesmo no caso de outros estado(burrice não é uma exclusividade do Rio) e processar todos ...e o prefeito junto se sancionou,contrariando a constituição...assim pra ver se tomam vergonha na cara e vão ler a constituição de cabo a rabo até Jesus Cristo voltar(mais 2.000 anos tá de bom tamanho) !!! ré ré ré !!!fazem merda e meio mundo se fode ..depois cancelam,e o prejuízo quem paga?...me lembra essa pragas da Light(empresa de energia elétrica)colocaram umas merdas de caixas com lente lá no alto do poste(coisa de cavalo mesmo)o Inmetro não aprovou mais as que ficaram,ficaram ...e os trouxas que tem ...não sabem se o caolha do marcador ..acertou mesmo ..e assim vão levando as burrices aqui no Brasil ...Agora seu eleitor CORNO DO CARALHO,PARA DE VER ESSA PORRA DE FAZENDA E BIG BOSTA BROTHER E PORRA DE NOVELA E ACORDA...vê se faz como eu e como muitos fizeram em brasília com o governador cara de panetone...ou tu para de votar como eu faço ...tem 5 eleições já ...ou quebra a porra toda ...ou tu vai ser mais um filho da puta votando em filho da puta...EU TO DE SACO CHEIO DESSE PAÍS...DEMOCRACIA É A PUTA QUE PARIU ...TO DE SACO CHEIO DE LADROAGEM E NEM O JUDICIÁRIO FAZ PORRA NENHUMA ...A POLÍCIA FEDERAL PRENDE E A PANELINHA SOLTA...DINHEIRO NA CUECA,E DANÇA NO CONGRESSO.É VEREADOR ,SENADOR CRIANDO LEI BURRA,INCONSTITUCIONAL PARA ROUBAR MAIS...É CRIAÇÃO LEI PARA COLOCAR MAIS 7.343 VEREADORES PARA FAZER MAIS MERDA...TOOOOO DE SACO CHEIO DESSE PAÍS...DE SACO CHEIO DESSE GOVERNO DE SACO CHEIO DE VEREADOR DE PREFEITO BURRO DE GOVERNADOR BURRO ..DE PRESIDENTE SEMIANALFABETO,SEMI SEI LÁ QUE PORRA MAIS ...DE SACO CHEIO DE POVO RECLAMAR E NÃO FAZER NEM UMA PORRA DE UM BLOG PRA XINGAR ESSA CAMBADA DE LADRÃO ...ENTÃO VÃO TODOS PRA PUTA QUE Ô PARIU !!! QUERO IR PRA MARTE ..VÃO SE FUDER SEUS JEGUES !!!!



A BURRICE NUNCA MATA SEU(s) HOSPEDEIRO(s)

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

O NOJO QUE É BRASÍLIA A TEMPOS !


CURRICULAS PARLAMENTARES - DEPOIS, PERCEBE-SE MUITA COISA . . .

Denúncia leva a nova investigação
de homicídio no STF,
que já tinha quatro casos
envolvendo deputados
Angélica Santa Cruz - ESTADO DE S. PAULO

Na tarde de sexta-feira, o deputado Carlos Willian de Souza (PTC-MG) saiu da casa onde mora com a mulher e os três filhos, em Belo Horizonte, olhou para os dois lados - “só por precaução”, como definiu - e subiu no telhado para instalar um sistema de segurança com alarmes e cercas elétricas. “Deus é meu grande protetor, mas não custa me prevenir mais um pouco. Se nem no Congresso a gente pode mais andar sossegado...”, explicou.Na semana em que o Senado ainda era dominado pela crise institucional causada pelas suspeitas que rondam seu presidente, Renan Calheiros (PMDB-AL), a Câmara foi tomada pela repercussão da denúncia de uma tentativa de homicídio entre seus pares. Segundo a Polícia Civil de São Paulo, Carlos Willian escapou da mira de um pistoleiro contratado por outro deputado, Mário de Oliveira (PSC-MG) - e só se livrou da morte por encomenda porque fugiu de sua rotina ao se juntar a uma comitiva de parlamentares para pegar carona no avião do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que voltava de uma solenidade em Belo Horizonte.Mário de Oliveira foi eleito com 77. 719 votos, está no sexto mandato como deputado e é presidente da Igreja do Evangelho Quadrangular, uma das maiores denominações pentecostais do País, com 7.556 templos, 2. 900 ministros e 1,6 milhão de fiéis. Seu nome apareceu por acaso em escutas feitas pela polícia. Em um diálogo, um funcionário da igreja, Odair da Silva, contratava um matador chamado Alemão e dizia que o mandante do crime era “Mário de Oliveira”. Com o negócio fechado por R$ 150 mil, o pistoleiro disse que seguiria Willian até o aeroporto e concluiu: “Na estrada eu emborracho ele.”Ao longo da semana, o assunto dominou a Câmara. Na noite de terça-feira, o presidente da Casa, Arlindo Chinaglia (PT-SP), foi aplaudido depois de interromper um duelo de discursos entre Willian e Oliveira - que aproveitaram o plenário cheio por conta dos debates da reforma política para contar suas versões do caso de pistolagem.Chacoalhando documentos policiais, Willian denunciou o “plano sórdido” para matá-lo. “Tem anotações do meu endereço! Das placas dos meus carros! E gravações em que o deputado Mário de Oliveira pede garantias de que o serviço seja feito!”Logo depois, Oliveira discursou. Disse que foi vítima de uma armação, garantiu que é um homem pacato e arrematou: “Não mato nem um passarinho!”Quando saiu do plenário e andou em direção ao seu gabinete, Oliveira ouviu de um funcionário da Casa: “O pastor matador está passando!” Olhou de volta para o autor do comentário e seguiu em frente. Atrás dele, um de seus assessores respondeu: “Mas as pessoas não respeitam mais nem os deputados?”A rixa entre Carlos Willian e Mário de Oliveira começou em 2002. Ex-assessor do presidente da Quadrangular, Willian foi o deputado mais votado entre os candidatos da igreja - mas recebeu ordem para renunciar e dar a vaga ao suplente. Ele se recusou a abrir mão do cargo e foi expulso da Quadrangular. Nas eleições de 2006, foi eleito outra vez, com 35.681 votos. E diz que foi xingado por Oliveira já no dia da posse.A Câmara criou comissão de sindicância com cinco integrantes para apurar as denúncias. O caso se transformou no inquérito de número 2.567 no Supremo Tribunal Federal (STF). Os deputados evitam se encontrar. Antes de embarcar no vôo para Belo Horizonte, na manhã de quinta, pediram que assessores checassem se o outro não estaria no mesmo avião.“Espero que as investigações cheguem a algum lugar, porque agora eu tenho medo até de sair de casa. Só escapei desse homem pela vontade de Deus”, queixa-se Willian.Levantamento feito pelo Estado no STF mostra que há quatro deputados da atual legislatura citados em processos por homicídio - e em nenhum deles se pode dizer que houve a intenção expressa de matar alguém.Gervásio Silva (DEM-SC) foi indiciado por homicídio culposo. Em julho do ano passado, ele atropelou a garota Samara Roberto Narciso, de 13 anos, na rodovia BR-282. “Eu vinha dirigindo e só a vi quando ela já estava na frente do carro. Ainda freei, mas não deu tempo”, disse ele. O deputado forneceu laudos periciais e relatórios policiais sobre o caso que mostram que a menina tentou atravessar a rodovia à noite, a 15 metros da passarela. “A próxima audiência está marcada para amanhã e espero que o caso seja julgado logo.”O deputado Clóvis Fecury (DEM-MA) aparece como indiciado por uma morte em 2004. De acordo com ele, um dos motoristas de sua empresa, Arnaldo Araújo Figueiredo, atropelou um pedestre. “Ele confessou que estava sozinho e foi reconhecido por testemunhas. Mas todos os diretores da empresa foram ouvidos e levados para reconhecimento. O caso foi muito usado politicamente nas últimas eleições”, afirmou o parlamentar.Airton Roveda (PR-PR) também foi acusado por homicídio. Ele afirma que foi responsabilizado pelo acidente de trabalho de um dos cem funcionários de sua empresa, a mineradora GR Extração de Areia.“Ele morreu em um rio e fui responsabilizado por ser dono da empresa. Meu sócio já foi absolvido, mas meu nome continua lá porque tenho foro privilegiado e o STF ainda não apreciou o caso.”O nome do deputado Ernandes Amorim (PTB-RO) consta como indiciado nos arquivos do STF e do Tribunal de Justiça de Rondônia em um caso já arquivado, de 1996. “Fui apenas testemunha nesse processo”, diz. O advogado do deputado, Erasto Villa Verde, explica que o processo foi arquivado ainda em fase de inquérito - mesmo assim, alguns jornais divulgaram que Amorim respondia por homicídio. “Processamos esses veículos e ganhamos ”, conta. O deputado confirma um antigo processo a que respondeu, por lesão corporal. “Isso aí é verdade! Tinha um radialista que vivia me incomodando, fui lá dar uns tapas nele e a gente brigou!”O deputado Ronaldo Cunha Lima (PSDB-PB) aparece como réu em um processo de tentativa de homicídio. Em dezembro de 1993, quando era governador da Paraíba, ele disparou dois tiros no inimigo político Tarcísio Burity.Nenhum antecedente de violência entre integrantes do Congresso, no entanto, ultrapassa em voltagem o caso do senador Arnon de Mello, pai do ex-presidente Fernando Collor. Em 1963, ele entrou no plenário armado para atirar contra o inimigo político Silvestre Péricles - mas acabou matando o senador José Kayrala.
NOTA : DEPOIS DE SE LER ESTE ARTIGO, COMEÇA-SE A PERCEBER MUITA COISA DA VIDA PARLAMENTAR. AQUI HÁ UNS DIAS,MUITA GENTE EM BRASILIA SE FAZIA ELEGER, PARA NÃO PERDER A IMUNIDADE, E NÃO TER QUE SER JULGADO, SOBRE CRIMES GRAVES DE QUE É ACUSADO.

MORREU UM HOMEM QUE PENSAVA COMO EU,QUEM SÃO NOSSOS LADRÕES BURROS E SAFADOS QUE SÃO NOSSOS GOVERNANTES.

SIM NÓS TEMOS BURRICE...BURRICE PARA DAR E VENDER !

NÃO BASTA A VIOLÊNCIA, SENÃO TAMBÉM A IMBECILIDADE !


O DIA -Tragédia em quartel

Estudante é morto durante brincadeira com fuzil no TG 3 — Tiro de Guerra, em São Fidélis. Autor do disparo era seu amigo
Uma visita ao quartel do Exército TG 3 — Tiro de Guerra, em São Fidélis, no Interior do estado, terminou em tragédia na noite de sábado.

Dois jovens amigos entraram na unidade e um deles, o atirador do Exército Maurício Mattar, 18 anos — que estava de folga —, pegou um fuzil 7.62 e, acreditando estar descarregado, disparou na direção do outro.
A brincadeira resultou na morte de Philipe Pamplona Corte Real, 16, que acabou atingido no pescoço.
NOTA : BRINCADEIRA COM ARMA DE GUERRA ? DOIS AMIGOS VÃO VISITAR UM QUARTEL ? UM MILITAR ESTÁ DE FOLGA E VAI AO QUARTEL COM UM AMIGO ? APONTA UMA ARMA DE GUERRA A UM AMIGO, POR BRINCADEIRA ?
" ACREDITAVA " QUE A ARMA ESTAVA DESCARREGADA ? PUXA O GATILHO ?
QUE PREPARAÇÃO É ESTA QUE TÊM OS MILITARES ? COMO É QUE UM MILITAR ENTRA NUM QUARTEL, E ENCONTRA À SUA DISPOSIÇÃO UMA ARMA ?
TALVEZ POR ESTAS FACILIDADES, E FALHAS DE SEGURANÇA, SE PERCEBA, PORQUE É QUE DESAPARECEM TANTAS ARMAS DOS QUARTÉIS, QUE DEPOIS SÃO ENCONTRADAS NAS MÃOS DO TRÁFICO !

Fonte : Pedrinho do Rio.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

MAIS BURRICES DO NOSSO BRASIL.

ISTO É UM EXÉRCITO ?

Violência repele
soldados de fora
" Jornal do Brasil "
Felipe Sáles e
Renato Grandelle

Anunciada no início do ano como atracção maior no combate à criminalidade, a Força Nacional de Segurança (FNS) mal chegou ao Estado e já começa a ir embora. O Jornal do Brasil ouviu os comandantes da Polícia Militar de 21 Estados brasileiros e constatou que, de cada 12 agentes da FNS que vieram ao Rio, um desistiu da missão. Ao todo, pelo menos 145 soldados já pediram dispensa da tropa federal.
A violência, a quantidade de tarefas e as condições precárias dos quartéis em que estão instalados são os motivos que levaram os soldados à desistência.
- Um de nossos soldados achou a missão de alto risco e reclamou da falta de amparo legal caso sofresse algum acidente - conta o coronel Rubens Goulart, da PM de Alagoas. - Disse não ter assinado documento algum garantindo seguro de vida.
As diferenças culturais também pesam na hora de decidir voltar para casa. Um soldado do Piauí, enquanto observa traficantes acenando para ele na Favela da Fazendinha, dentro do Complexo do Alemão, confessa:
- Já vi muitos agentes voltarem para casa porque a família fica impressionada com o que vê na TV. No meu bairro, em Teresina, ainda dormimos com a porta destrancada. Como é que o Rio ficou assim?
A pergunta já chegou aos ouvidos dos comandantes.
- Muitos soldados são do alto sertão e têm outros costumes, não conseguem se adaptar - admite o coronel paraibano José Gomes de Lima. Seu Estado enviou 93 homens ao Rio, mas 27 já voltaram.
Também não faltam Estados que, como recompensa ao efectivo liberado, esperam em breve receber a FNS. Mas, diante das mazelas cariocas, todos reconhecem ter problemas menores.
- Aqui conversamos com a comunidade e usamos pistolas. Aí, usam-se fuzis e o policiamento é feito por carros - consola-se Nilson Nobre Bueno, comandante da Brigada Militar do Rio Grande do Sul.
A promessa de trazer 6 mil agentes ao Estado até o início dos Jogos Pan-Americanos também dificilmente será cumprida - os Estados ouvidos pelo JB tinham, ao todo, 1.855 soldados no Rio. Atender aos constantes pedidos da Secretaria Nacional de Segurança (Senasp) por mais soldados é considerado, por muitos comandantes, missão quase impossível. O Ceará tem 334 policiais para servir à Força, mas só 73 devem ser liberados, para não comprometer a segurança local.
O subcomandante da PM de Roraima, Paulo Mouzart, também admite o problema:
- Os pedidos são muito superiores à nossa capacidade. A Senasp solicitou 145 homens esta semana. Vamos mandar apenas cinco.
A intenção da secretaria nacional era de que todos estivessem no Rio até o início de junho, para se adaptarem à geografia da cidade. As últimas levas, porém, só devem chegar cinco dias antes do Pan.
A carência de efetivo das unidades ouvidas pelo JB chega a 50% - parecida com a da PM do Rio. O índice, percebido a cada negativa dos Estados, faz a Senasp trabalhar com a hipótese de ter um efectivo menor. Cabe à FNS guardar a Vila do Pan, escoltar as 42 delegações desportivas, que contam com 5.662 atletas, vigiar as 15 estruturas da competição e manter 140 agentes nos acessos do Complexo do Alemão.
NOTA : OS SOLDADOS QUE SÃO POSTOS NO RIO DE JANEIRO PARA GARANTIR A SEGURANÇA, DEVIAM JULGAR QUE VINHAM VER AS MULATAS AO CALÇADÃO DE COPACABANA . . .
É CURIOSO QUE NUM CORPO ESPECIAL DO EXÉRCITO, OS MILITARES, INDIVIDUALMENTE, CASO NÃO GOSTEM DO TEATRO DAS OPERAÇÕES, SE POSSAM RETIRAR A SEU PEDIDO . . . ISTO É UM EXÉRCITO ? OU É UM GRUPO EXCURSIONISTA ?
SOLDADOS QUE SE QUEREM IR EMBORA, PORQUE A FAMÍLIA VÊ PELA TELEVISÃO A VIOLÊNCIA NO RIO ? ESTÃO A BRINCAR CONNOSCO ?
DA PARAÍBA VIERAM 93 HOMENS, MAS 27 JÁ FORAM EMBORA . . .
DOS 6 000 HOMENS PREVISTOS, SÓ SE ENCONTRAM NO RIO 1 885 ...
POR ESTE ANDAR, UM DIA SE FOR PRECISO DEFENDER A AMAZÓNIA DE UMA QUALQUER FORÇA INVASORA, O BRASIL NÃO DEVE TER HOMENS PARA ISTO. SE ELES NÃO QUEREM ESTAR NO RIO DE JANEIRO, IMAGINEM NA SELVA ! . . .
E O QUE DIZ O MINISTRO DA DEFESA À " FORÇA " NACIONAL ? E O LULA, O QUE ACHA DE TUDO ISTO ?
NOS MORROS, AO LEREM ESTA NOTICIA, ( ISTO VEM NO JORNAL DO BRASIL DE HOJE ) HÁ QUEM SE RIA BASTANTE DA SEGURANÇA DO PAN . . . E CONTINUE COM TRANQUILIDADE, TOCANDO A SUA VIDA, NA CERTEZA DE QUE ESTA FNS E A SEGURANÇA DO PAN, NÃO PASSA DE UM " BLUFF " !
O QUE É " ENGRAÇADO ", É QUE SÃO OS SOLDADOS A DECIDIR, SE VÃO OU SE FICAM, CONSOANTE AS ZONAS PARA ONDE SÃO MANDADOS, OU SE HÁ MUITA OU POUCA VIOLÊNCIA . . . SE NÃO HOUVESSE VIOLÊNCIA, NÃO ERA NECESSÁRIO A " FORÇA NACIONAL DE SEGURANÇA " ! BASTAVAM OS ESCUTEIROS ! . . . GOSTAVA DE OUVIR UM CORONEL OU UM GENERAL A COMENTAR ESTE ARTIGO DE HOJE DO JORNAL DO BRASIL !

Fonte : Pedrinho do Rio.

QUANDO NÃO TEM JEGUE GASTANDO O DINHEIRO ERRADO,TEM LADRÃO NÃO PERDENDO TEMPO EM GASTAR ! ESTAMOS FUDIDOS MESMO !



ENQUANTO VOCÊ PULA DE ALEGRIA PARA O PAN NOSSOS ASTUTOS GOVERNANTES VÃO FAZENDO A FESTA,ROUBANDO !

Mapa da Corrupção: São Paulo mas o Brasil tá infestado.

.
denúncia
Prejuízo público em São José dos Campos

O Sindicato dos Funcionários Públicos de São José dos Campos entrou na justiça contra João Friggi e Sandra Garcia por gestão de risco, em face do investimento de quase 30 milhões no falido banco santos, em outubro de 2004, durante a administração de Emanuel Fernandes. Os detalhes estão em www.vejasaojose.com.br.(Da redação, 8/9/2006)

política
PFL denuncia: “Houve corrupção no governo Alckmin”

Que o casamento PSDB/PFL está em crise não é segredo. Em são Paulo, porém, o aliado de longa data do PSDB, o deputado estadual pelo PFL-SP, José Caldini Crespo, traz a lavanderia para as ruas, expõe a roupa suja e diz que o mal dos tucanos é “a prepotência”. Em sua avaliação, “O PSDB está indo para Nova York discutir o Brasil. Curioso, né?”. Matéria de Maurício Reimberg na Agência Carta Maior, em 29/5/2006.

Bertioga
Câmara aprova cassação de prefeito por unanimidade

O prefeito de Bertioga teve seu mandato cassado ontem (21/2) em sessão da Câmara por unanimidade, em virtude de denúncias confirmadas de desvio de verbas de patrocínio da Festa do Índio. A defesa conseguiu uma liminar em SP, já que o Juiz local indeferiu todos os pedidos feitos pelo Prefeito. Segue em curso uma segunda denúncia e o parecer final da Comissão Processante pugna pela cassação, pois houve superfaturamento das obras de casas populares em convênio com a CDHU. A tática da defesa agora é desmoralizar os vereadores e a imprensa local não apresenta neutralidade no processo de divulgação dos fatos, confundindo a opinião pública. A caravana “Todos contra a Corrupção” do projeto Adote um Município, associado à AMARRIBO, esteve em Bertioga no ano passado e fez reunião com a Câmara de Vereadores. A AMARRIBO se solidariza com os vereadores que estão cumprindo seu papel de fiscalização da administração pública. Informações da Amarribo em 22/2/2006.

Paulínia
Prefeito tem direitos políticos cassados

O prefeito de Paulínia, Edson Moura (PMDB), teve os direitos políticos suspensos por oito anos e foi condenado a devolver R$ 45 mil corrigidos aos cofres públicos devido contratação irregular do advogado Ivan Barbosa Rigolin para defendê-lo numa ação civil pública movida pelo MP (Ministério Público). A Promotoria vai protocolar uma apelação para que seja declarada na condenação a perda da função pública do prefeito (cassação do mandato). O advogado de Moura, Dauro de Oliveira Machado, vai recorrer da sentença. Da Amarribo, em 22/2/2006.

Paulínia
MP investiga denúncia de fraude em Paulínia

O Ministério Público (MP) de Paulínia abriu inquérito civil para investigar denúncias de superfaturamento e fraudes em licitações públicas para serviços de infra-estrutura e irregularidades na concessão e execução de obras- em loteamentos do município entre 2002 e 2005, ao longo de duas administrações do prefeito Edson Moura (PMDB). De acordo com o promotor Fernando Novelli Bianchini, as acusações, feitas na semana passada pela Organização Não-governamental (ONG) Associação dos Moradores e Amigos de Paulínia (AMA-Paulínia), são "graves". Do site da Amarribo, 30/1/2006.

SÃO PAULO.#.21/1/2006
SP cede fazenda a fundação ligada ao secretário de Educação

O governo Geraldo Alckmin (PSDB) cedeu uma fazenda de 87 hectares -- cerca de 54 vezes o parque Ibirapuera --, em Lorena (a 188 km de SP), à rede católica Canção Nova, ligada ao secretário da Educação, Gabriel Chalita. A fazenda Centri também fora solicitada por pelo menos dois órgãos do próprio governo. O Itesp (Instituto de Terras do Estado de São Paulo) pretendia utilizar o local para reforma agrária. A Faenquil (Faculdade de Engenharia Química de Lorena), vizinha à área, pretendia ampliar seu campus. Preteridos, disseram que não foram avisados da decisão. Matéria na Folha Online.

veja-psdb
Editora Abril fez doações a candidatos tucanos

A Editora Abril S/A, proprietária da revista semanal Veja, doou, nas eleições de 2002, R$ 50,7 mil a candidatos do PSDB. A informação foi obtida junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) pelo gabinete do deputado federal Dr. Rosinha (PT-PR). Um político do PPS também foi beneficiado pelas doações. Segundo a assessoria do deputado petista, a campanha do atual líder da bancada do PSDB na Câmara dos Deputados, Alberto Goldman (PSDB-SP), recebeu doações de R$ 34,9 mil da editora em 2002. Durante o governo FHC, Alberto Goldman foi relator da Lei Geral de Telecomunicações, que regulamentou a participação do capital estrangeiro no setor. Do Portal do PT, 27/7..[+]

josé dirceu
Dirceu confirma reunião com bancos mas diz que não discutiu empréstimos

BRASÍLIA e BELO HORIZONTE. Principal personagem do depoimento de Renilda de Souza, o ex-ministro José Dirceu não apareceu para se defender. Em nota divulgada à noite, o deputado do PT confirmou que se reuniu em ocasiões diferentes com diretores dos bancos Rural e BMG no período em que era chefe da Casa Civil, mas negou que nesses encontros tenha tratado de empréstimos ao PT. Do jornal O Globo, 27/7..[+]Da Folha de S. Paulo, 27/7..[+]

pê-éfe-éle
Deputado da Universal deve ser investigado

BRASÍLIA. O procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza, recomendou ontem ao Supremo Tribunal Federal (STF) que autorize a instauração de inquérito na Polícia Federal para investigar o deputado João Batista (ex PFL-SP), presidente da Igreja Universal do Reino de Deus. Souza também recomendou que as apurações sejam retomadas e aprofundadas. Na semana passada, o deputado foi flagrado, no aeroporto de Brasília, com sete malas de viagem recheadas de R$ 10,2 milhões em dinheiro vivo. Do jornal O Globo, 19/7..[+]

PF quer destino do avião da Universal

O delegado da Federal David Sérvulo Campos pediu ao Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta) o plano de vôo do avião em que o deputado federal João Batista Ramos da Silva (ex-PFL) tentava embarcar com R$ 10,2 milhões distribuídos em sete malas. Do Jornal do Brasil, 18/7..[+]

CGU comprova farra municipal

Nas vésperas das eleições municipais, no ano passado, as prefeituras gastaram o dinheiro da Educação e da Saúde em festas, shows, confraternizações, fotografias e ornamentações. É o que revelam as 60 auditorias feitas pela Controladoria Geral da União na 14ª edição do Programa de Fiscalização. Em Itariri (SP), parte do dinheiro do PAB foi gasto na confecção de 20 faixas, na compra de um tambor e em serviços de telefonia. Do Jornal do Brasil, 28/6/2005..[+]

Deputado do PPS é cassado pelo TSE

SÃO PAULO. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu por unanimidade cassar o mandato do deputado estadual Vitor Sapienza (PPS), de São Paulo, acusado de compra de votos na eleição de 2002. Ex-presidente da Assembléia Legislativa de São Paulo, Sapienza, que já foi governador interino, disse que vai recorrer. Em seu voto, o relator do processo, ministro Marco Aurélio de Mello, diz que Sapienza teve "objetivo explícito de obter votos" ao oferecer cursos gratuitos de informática no período eleitoral. Os demais ministros do TSE acompanharam o voto. Sapienza alega que oferece cursos gratuitos de qualificação profissional desde 1986, quando se candidatou a deputado pela primeira vez. Ele foi denunciado pela avó de uma aluna, que reclamou do fato de as apostilas do curso só falarem do deputado. "Mas ela queria que falassem de quem?", contestou Sapienza. Do jornal O Globo, 26/5/2005..[+]

serra negra
Ex-prefeito é principal suspeito de esquema de lavagem de dinheiro, diz PF

A Polícia Federal apreendeu ontem (13/4) dinheiro e documentos no escritório do ex-prefeito de Serra Negra Elias Jorge (PMDB). De acordo com a PF, o político é um dos principais suspeitos de comandar um poderoso esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas envolvendo casas de câmbio de São Paulo. A ação faz parte da Operação Caça à Raposa, que só ontem cumpriu 11 mandados de busca e apreensão concedidos pela 6ª Vara Federal Criminal na cidade turística de Serra Negra, interior de São Paulo, e na capital. Da Agência Brasil, 14/4..[+]

Descoberta corrupção sistemática na PF de São Paulo

BRASÍLIA. Desvio de mercadorias, sumiço de armas, inquéritos clonados e investigações sobre criminosos engavetadas. Estas foram algumas das irregularidades que a Polícia Federal encontrou dentro de sua Superintendência de São Paulo. A investigação é resultado de seis meses de correição extraordinária, uma operação interna que contou com a participação de 94 delegados, agentes e escrivães de todo o país. Do Jornal do Brasil, 25/3/2005..[+]

PSDB paulista
Procurador vê "caso grave" na Assembléia e vai investigar

O procurador-geral de Justiça do Estado de São Paulo, Rodrigo César Rebello Pinho, informou que a Promotoria da Cidadania irá instaurar hoje um procedimento para investigar as irregularidades na contratação, exoneração e transferência de funcionários da Assembléia Legislativa de São Paulo. Ontem a Folha noticiou que funcionários da elite da Assembléia tiveram o patrocínio do PSDB paulista para burlar o teto salarial de R$ 13.540,85, estabelecido após a reforma da Previdência, promulgada em dezembro de 2003 pelo governo federal. Da Folha de S. Paulo, 14/3/2005..[+]

MP pede afastamento da vereadora Miriam Athiê em São Paulo

por Claudio Julio Tognolli. O promotor de Justiça da Cidadania, Túlio Tadeu Tavares, entrou nesta quinta-feira, 23, com uma ação de responsabilidade civil contra a vereadora paulistana Miriam Athiê (PPS), que foi reeleita nas últimas eleições. O promotor quer o imediato afastamento da vereadora até que seja julgado o processo no qual ela é acusada de ter recebido propina para favorecer uma empresa de ônibus...Consultor Jurídico, 22/12/2004

Justiça condena 10 dos 11 réus da Operação Anaconda

Após quatro dias de julgamento, o TRF da 3ª Região (Tribunal Regional Federal de São Paulo) condenou na manhã desta sexta-feira 10 dos 11 réus acusados de formação de quadrilha e investigados pela Polícia Federal na Operação Anaconda. O juiz federal João Carlos da Rocha Mattos foi condenado, por 15 votos a 0, a três anos de prisão. Outro juiz federal, Casem Mazloum, recebeu pena de dois anos de reclusão, que foi imediatamente substituída por pena alternativa de dois anos de prestação de serviços à comunidade...Folha Online, 17/12/2004

Denúncia aponta presidente da Câmara de Ribeirão Branco (SP) como fantasma da Saúde

Uma denúncia contra o presidente da Câmara de Ribeirão Branco (SP), Marco Aurélio de Souza Teixeira, foi oficializada no início do mês de dezembro pelo vereador petista Joaquim de Almeida Barros ao deputado estadual Hamilton Pereira (PT-SP) e ao diretor-técnico da Diretoria Regional de Saúde de Sorocaba (DIR XXIII), Dr. Nelson Andreazza. Segundo a denúncia, o presidente da Câmara acumulava o cargo de Oficial Administrativo do Centro de Saúde da cidade sem nunca ter comparecido ao trabalho, o que o caracteriza como funcionário fantasma. O mesmo documento foi encaminhado ao governador Geraldo Alckmin e ao secretário estadual de Saúde, Dr. Luiz Roberto Barradas Barata...Portal do PT, 15/12

MP pede quebra de sigilo bancário de vice de Serra

O Ministério Público de São Paulo pediu a quebra do sigilo bancário do vice-prefeito eleito da capital paulista, Gilberto Kassab, e do sócio dele, o deputado Rodrigo Garcia. O pedido se baseou em reportagens que revelaram o aumento de 316% no patrimônio de Kassab, entre 1994 e 1998, o que seria incompatível com a renda dele. No período, Kassab foi deputado estadual e secretário de Planejamento da Prefeitura...Rádio CBN, 1/12

Verba federal escoa por fraudes municipais

De pires na mão, prefeitos batem à porta do Planalto. Buscam dinheiro ou perdão para dívidas. As dificuldades financeiras têm, no entanto, raízes nas administrações locais; Prefeitura de São Caetano do Sul (SP) comprou 10 toneladas de salsicha a R$ 5,50 o quilo, quando o preço de mercado estava em R$ 1,95. O açougues da cidade vendiam o quilo da carne moída a R$ 5,42, mas a prefeitura pagou R$ 10,05, para adquirir 23 toneladas, segundo a CGU. Do Jornal do Brasil, 24/11..[+]

PMs presos em São Paulo ao pedir dinheiro para soltar traficantes

Dois policiais militares foram presos no Centro de São Paulo negociando a libertação de um grupo suspeito de tráfico internacional de drogas, que havia sido preso pela Rota (Rondas Ostensivas Tobias Aguiar). Além dos PMs, oito pessoas foram presas, entre elas três nigerianos. Para chegar aos criminosos, a Rota fingiu aceitar um suborno de US$ 800 (cerca de R$ 2.200)...O Globo, 15/11

Relatório final da Operação Anaconda pede condenação de 12 por formação de quadrilha

Em 145 páginas, as procuradoras da República Janice Agostinho Barreto Ascari, Ana Lúcia Amaral e Luiza Cristina Fonseca Frischeisen resumiram os milhares de episódios da Operação Anaconda. Elas ofereceram denúncia contra 12 pessoas do grupo acusado de compor uma suposta quadrilha de venda de sentenças judiciais em São Paulo. Eles são acusados pelo MPF de formação de quadrilha ou bando...Consultor Jurídico, 21/10

Preso condenado e delegado são eleitos em Porto Ferreira

Após perder quase a metade de seus representantes políticos entre setembro do ano passado e março deste ano, os eleitores de Porto Ferreira elegeram neste domingo (03) um delegado e um condenado. Preso na Penitenciária de Sorocaba há um ano, o vereador licenciado Luiz César Lanzoni (PTB) foi reeleito com 846 votos (3% dos votos válidos), o terceiro melhor desempenho entre os candidatos à Câmara...UOL News, 4/10

SP tem maior número de candidatos a prefeito sob investigação

O estado de São Paulo registrou o maior número de candidatos a prefeitos "sob judice", que terão seus votos considerados nulos, segundo levantamento divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Com 59 candidatos, o estado lidera uma lista que em segundo lugar tem Minas Gerais (52) e em terceiro Amapá (48). No total, o TSE informou que 442 postulantes à prefeituras respondem a algum tipo de processo na Justiça..Reuters, 4/10

Maluf e Pitta responderão processo por lesão ao erário

O ex-prefeito e atual candidato à prefeitura de São Paulo, Paulo Maluf, o ex-secretário de Finanças, também ex-prefeito paulistano Celso Pitta, além do próprio município de São Paulo, vão ter de responder a processo considerado extinto pelo Tribunal de Justiça de São Paulo...Consultor Jurídico, 24/9

Advogados querem transcrição de interceptações telefônicas

por Claudio Julio Tognolli. A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça está para julgar o Habeas Corpus 37.227, impetrado pela defesa de Vagner Rocha. Ele é um dos treze acusados de fazer parte de um grupo que venderia sentenças judiciais - preso ano passado, em outubro, pela Operação Anaconda. No HC se discute a necessidade de serem transcritas ou degravadas as conversas que foram objeto de interceptação telefônica na Operação Anaconda...Consultor Jurídico, 23/9

Candidato a prefeito de Nova Odessa tem registro cassado

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo cassou, por 4 votos a 2, o registro dos candidatos aos cargos de prefeito e vice-prefeito do município de Nova Odessa, Manoel Samartin (PDT) e Salime Abdo (PMDB), da coligação Unidos por Nova Odessa. A decisão se deu depois de eles participarem, em julho, do sorteio de casas populares do Residencial dos Jequitibás, loteamento considerado obra pública...Consultor Jurídico, 21/9

Ex-prefeito de Leme (SP) tem direitos políticos suspensos

O Superior Tribunal de Justiça confirmou a condenação por improbidade administrativa de Geraldo Macarenko, ex-prefeito de Leme, no interior paulista. A Segunda Turma do STJ manteve decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo. Além do ex-prefeito, cujos direitos políticos foram suspensos, também foi condenado Dorival Zonóbia Franchozza, um dos beneficiários da ação irregular de Geraldo Macarenko. Os dois foram acusados de fraude em licitação para a contratação de serviços de engenharia...Consultor Jurídico, 14/9

SP: TRE paulista cassa registro de candidato de Tatuí

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo cassou, por 4 votos a 3, o registro da candidatura do concorrente ao cargo de prefeito do município de Tatuí, Luiz Gonzaga Vieira de Camargo (PSDB). No dia 17/7, o candidato participou da solenidade de inauguração da Rodovia Antônio Germano Schincariol -- SP 127, no trecho envolvendo as cidades de Cerquilho e Tietê, que contou com a presença do governador, Geraldo Alckmin, segundo o TRE-SP...Consultor Jurídico, 11/9

SP: Presidente do TRT tem bens bloqueados

A Justiça Federal de São Paulo determinou no último dia 13 o bloqueio de bens e a quebra dos sigilos bancário e telefônico da presidente do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) de São Paulo, Maria Aparecida Pellegrina, que foi acusada pelo Ministério Público Federal de fraude em licitação pública para compra de móveis no valor de R$ 3,79 milhões...Folha de S. Paulo, 26/8

Denúncias derrubam o chefe da PF em São Paulo

O superintendente da Polícia Federal em São Paulo, Francisco Baltazar da Silva, pediu demissão do cargo no final da manhã desta terça-feira (24/8). Ele oficialmente considera que tem sua "missão cumprida"...Consultor Jurídico, O Globo, 25/8

STF nega pedido de prefeito de Lorena para ser julgado pelo TJ-SP

O ministro Carlos Velloso mandou arquivar a Reclamação ajuizada pelo prefeito de Lorena, em São Paulo, Aloísio Vieira, na qual contestava a tramitação, na primeira instância do Judiciário, de Ação Civil Pública de improbidade administrativa proposta contra ele...Consultor Jurídico, 23/8

PF apura desvio de dinheiro que envolve Maluf

Investigação pode descobrir quem foi o doleiro que ajudou a mandar para o exterior R$ 1 bi desviado de obra em SP..O Globo, 21/8

Deputado pressionou fiscais do Trabalho, diz ministério

O Ministério do Trabalho retirou 32 trabalhadores rurais de uma das maiores fazendas de criação de gado do país - a Agropecuária Roncador, em Barra do Garças, MT- por se encontrarem em situação análoga à de escravo. A propriedade tem 103 mil cabeças de gado. Segundo o assessor especial da Secretaria de Inspeção do Trabalho Marcelo Campos, o deputado federal Marcelo Ortiz (PV-SP) esteve na fazenda durante a fiscalização - na condição de advogado do proprietário da fazenda Telerson Soares Penido, de São Paulo - e teria pressionado os fiscais...Folha de S. Paulo, 13/8

‘Vampiros’ teriam agido em SP, Minas e Paraná

Ministério Público diz que Máfia do Sangue atuou na prefeitura paulistana, no governo paranaense e na UFMG..O Globo, 6/7

MP apreende documentos e pede afastamento dos vereadores de Miguelópolis

O Ministério Público de Miguelópolis, com apoio da Polícia Militar, apreendeu nesta quarta-feira documentos do setor de contabilidade da Câmara de Vereadores. O MP investiga irregularidades no uso do dinheiro da Câmara há dez anos. A Justiça deve ouvir 20 suspeitos até amanhã, sexta-feira. O promotor André Vitor de Freitas pediu o afastamento dos atuais 15 vereadores. O presidente da Casa, Adriano Queiroz Ferreira, disse não ter detalhes e por isso não quis comentar o assunto...Bom Dia São Paulo, 01/07

Santo André: TJ decreta prisão preventiva de vereador e 5 empresários

Por 2 votos a 1, o Tribunal de Justiça de São Paulo decretou ontem a prisão preventiva de um vereador do PT e de cinco empresários acusados de comandar um suposto esquema de arrecadação de propina dentro da Prefeitura de Santo André. A prisão, no entanto, não tem efeito imediato. A medida fica suspensa até ser julgado o recurso dos acusados, o que deve ocorrer após as férias forenses de julho...O Globo, Folha de S. Paulo, 30/06

Relatório de fiscalização expõe fraude no lixo em SP

Promotoria apreendeu no Limpurb, assinado por fiscal, boletim que atestou execução de serviço antes de ele ser realizado..Folha de S. Paulo, 30/06

Se Maluf não acabou, São Paulo acabou

Depois da última saraivada de evidências de desvios de recursos, exibida na semana passada e somada à decisão da Justiça de quebra de sigilo bancário a partir de documentos enviados pela Suíça, não há meio-termo: se Paulo Maluf não acabou politicamente, a cidade de São Paulo acabou moralmente...Dimenstein, 06/06

Dois presos por tentativa de suborno

Comerciante investigado na CPI da Pirataria e advogado são detidos em SP...O Globo, Agência Brasil, 02/06

Deputado pede proteção policial após flagrar acusado na Operação Gatinho

O presidente da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Pirataria, deputado Luiz Antonio de Medeiros (PL-SP), disse hoje que vai pedir proteção especial à Policia Federal após o flagrante que levou à prisão o empresário chinês naturalizado brasileiro Law Kin Chong e o advogado e depachante Pedro Lindolfo Sarlo...Folha Online, 02/06

Deputado cassado por quebra de decoro lança filho a vereador em SP

O pai se diz "magoado" com a política, mas o filho vai tentar, pela segunda vez, uma vaga de vereador na capital paulista. O filho em questão é Ricardo Garib (PTB), que tentou a sorte nas eleições de 2000 e, aos 21 anos, contabilizou cerca de 10 mil votos. Muitos desses eleitores devem ter vindo do sobrenome conhecido, diz o pai, Hanna Garib, ex-vereador e deputado estadual cassado em 1999 por quebra de decoro parlamentar devido a suposto envolvimento com rede de corrupção na prefeitura...Folha de S. Paulo, 17/5

‘Vossa Senhoria é corrupto?’

Ao responder à pergunta, ex-prefeito Pitta desacata senador e passa duas horas preso na PF...Agência Câmara, O Globo, 5/5

CPMI do Banestado convoca Celso Pitta novamente

A CPMI do Banestado deverá ouvir na próxima terça-feira (4) o ex-prefeito de São Paulo, Celso Pitta, acusado pelo Ministério Público de remeter para o exterior dinheiro obtido no superfaturamento de obras públicas. No primeiro depoimento, que deveria ter acontecido na última terça-feira, Celso Pitta não depôs amparado por liminar...Agência Câmara, 30/4

CPI vai ao STF para tentar ouvir Pitta em sessão pública

Ex-prefeito se recusou a assinar um requerimento em que se comprometia a dizer a verdade durante o depoimento...Folha Online, 27/04

Justiça Eleitoral cassa vereador que oferecia vantagens para eleitores

O vereador Luiz Augusto Valário, de Iperó (SP), teve seu mandato cassado pela Justiça Eleitoral. Ele é acusado de oferecer vantagens a eleitores de outras cidades para que transferissem o título, como terrenos. A Justiça Eleitoral multou o vereador em R$ 10 mil. O advogado dele recorreu...Bom Dia São Paulo, 12/2

Prefeito de Suzano (SP) é condenado por improbidade administrativa.[fevereiro de 2004]

Prefeito de Piratininga (SP) é afastado do cargo por 90 dias.[fevereiro de 2004]

2003


TRE rejeita por unanimidade contas de campanha eleitoral de Genoino.[dezembro de 2003]

CPI pede afastamento de três juízes em São Paulo.[novembro de 2003]

Máfia dos Fiscais: MP quer bloquear bens de Garib.[outubro de 2003]

Empresário confirma desvio de recursos em São Paulo.[outubro de 2003]

Revelado à CPI esquema de orgias em Porto Ferreira.[setembro de 2003]

Ex-deputados também ganham por sessões extras da Assembléia.[julho de 2003]

2002


Ex-sócio de Serra foi responsável por operações fraudulentas em parceria com Ricardo Sérgio

(...) A Operação Banespa que ajudou Ricardo Sérgio a internar dinheiro de paraísos fiscais foi aprovada pelo então vice-presidente de operações do Banespa Vladimir Antônio Rioli. Na época, o senador José Serra (PSDB-SP) era sócio de Rioli. De acordo com o contrato social, Serra tinha 10% das cotas da empresa Consultoria Econômica e Financeira Ltda. Rioli foi companheiro de militância de Serra e do falecido ministro das Comunicações Sérgio Motta na Ação Popular (AP), movimento de esquerda da década de 60 – e arrecadador de recursos para campanhas do PSDB juntamente com Ricardo Sérgio. Por Amaury Ribeiro Jr., da Revista IstoÉ, 24/5/2002..[+]

Ex-tesoureiro de Serra tem empresa em paraíso fiscal

Acusado de receber propina durante a privatização do sistema de telefonia, para favorecer o consórcio que comprou a Telemar, ex-diretor do BB comanda empresa com sede nas Ilhas Virgens. Do Correio Braziliense, 15/4/2002..[+]

Caixa explosivo: Caso Ricardo Sérgio

Principal articulador da formação dos consórcios que disputaram o leilão das empresas de telecomunicações, o ex-diretor da área internacional do Banco do Brasil, Ricardo Sérgio de Oliveira, está tirando o sono da cúpula do PSDB e dos coordenadores da candidatura do senador José Serra. Companheiro de militância política de Serra desde a época do regime militar, Ricardo Sérgio, que em 1998 foi caixa das campanhas de Fernando Henrique Cardoso, para a Presidência, e de Serra, para o Senado, acaba de ser responsabilizado pelo Banco Central por um caminhão de irregularidades que favoreceram a entrada do Banco Opportunity em um consórcio para disputar o leilão da Telebrás. Mantido em absoluto sigilo, o relatório do BC, ao qual ISTOÉ teve acesso, é uma bomba que vai jogar estilhaços por todos os lados. O efeito é tão devastador que uma operação foi montada na Polícia Federal do Rio de Janeiro para abafar o caso. Por Amaury Ribeiro Jr., da Revista IstoÉ, 24/3/2002..[+]


Consciência.Net

 
Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu
Templates Novo Blogger
Share |
Share |